Páginas

domingo, 13 de outubro de 2013

Brasileiro séria A 28ª rodada

Justiça não existe no futebol. Com certeza! Volume de jogo não ganha jogo, é a conclusão de algumas partidas de hoje, como a do São Paulo e da Portuguesa. Mas uma certeza existe: futebol é eficiência. Ganha quem é mais eficiente em colocar a bola embaixo das três traves. E eficientes foram Botafogo e Atlético-PR. O Botafogo, vencendo o Flamengo, passou o Grêmio nos critérios de desempate e o Furacão, vencendo a Portuguesa, encostou no Grêmio, que empatou com o Fluminense. Eficientes também foram o Criciúma, que passou o Vasco e está encostando no Coritiba, Internacional, Goiás e Santos, que subiram uma posição na tabela. E, por fim, o Atlético-MG e Vitória, o primeiro venceu o líder, o que mantém a tese de que não há time tão melhor neste ano que não possa ser vencido - foi a segunda derrota seguida do Cruzeiro, a anterior para o São Paulo, o segundo venceu o Coritiba, aumentando a crise desse. O São Paulo não conseguiu ganhar do Corinthians, que novamente não jogou e não deixou o São Paulo jogar. Resumindo a rodada: nenhuma surpresa. Outra frase na ponta de língua de metade dos times da série A: levantar a cabeça que o próximo jogo será mais uma "final". Final que acontecerá na quarta-feira. Essa rodada será particularmente interessante pois tem muitos dos assim chamados jogos dos seis pontos: Ponte Preta x Coritiba, Criciúma x Portuguesa, Flamengo x Bahia, Santos x Internacional e Atlético-PR x Atlético-MG. .