Páginas

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Na política brasileira parece que mesmo para as pessoas sérias, de reputação sem qualquer mácula "os meios justificam os fins"...

Na política brasileira parece que mesmo para as pessoas sérias, de reputação sem qualquer mácula "os meios justificam os fins", "o poder corrompe, e quer mais poder", "tem poder quem tem dinheiro", e nunca viveremos uma democracia plena, onde os homens públicos pensem tão e somente no bem comum, não em si próprios (altos salários e mordomias), seus partidos (sinônimo de poder e não de bandeiras) ou seus apoiadores (financiadores). A impressão que temos diante de tantos escândalos é que os poucos políticos no perfil de homem publico são ingênuos excluídos do jogo.

Posted via email from Ricardo MJ's posterous