Páginas

sábado, 7 de junho de 2008

Governo de SP distribui livros com erro de português

"A Secretaria de Educasão do Estado de São Paulo distribuiu apostilas para os professores da rede pública de ensino com um erro de português. No caderno de dicas entregue aos dosentes de inglês da 8ª série a palavra ensino está grafada "encino"."
http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL591647-5604,00.html

Esse negócio de "s" e "c" é complicado mesmo. Ficaria mais fácil com as seguintes regras:

1. Uza-se sempre "s" quando o som é "ss" (saber, sente, sinto, sobra, susto). Abolimos o "ç", que nem eziste nos teclados de computador (ah! tem em alguns, eu não tinha reparado!)
2. Uza-se "c" quando o som é "q" (caber, cente, cinto, cobra, custo). Usa "qu" quanto se pronuncia as duas letras, sei lá se tem alguma palavra assim (no inglês tem!), vou ter que pescizar.
3. Uza-se "z" quando o som é "z". Esesão Brasil, que aí é dar mole pros gringos. Abolimos o "x" com som de "z" e "s" (ezame, essesão)
4. O "s" é uzado também para fazer o plural, e antes de consoantes.

Fora alguns erros teóricos de léxica, é iso. E fim desta sesão!