Páginas

terça-feira, 3 de junho de 2008

Curitiba - prioridades

Não há cidade grande ou média no país que não tenha os problemas que Curitiba tem. O problema é, e sempre foi, de prioridade. Os políticos, seja de que partido forem, gostam de trabalhar apenas as "suas" prioridades, para ter alguma chance numa eleição (infelizmente, por aqui, quem não é lembrado não ganha voto - não há debate político). O que podemos concordar é que de uns bons tempos pra cá as prioridades "da cidade" não coincidiram com as dos políticos. Talvez por incompetência destes como políticos e não como administradores, pois Curitiba era uma cidade "fácil" de administrar. No entanto, eu acho que os problemas atuais de Curitiba (sociais) não são somente de Curitiba, mas de toda a região metropolitana (os hospitais são o melhor exemplo - de que adianta SJP crescer com indústrias, classe média que vai morar lá, etc e não ter infraestrutura compatível) e este é um problema que os políticos não resolverão (pois a tendência é que sejam de partidos diferentes!!).
Sobre a reeleição, eu sou contra, por princípio, em qualquer nível.