Páginas

sábado, 15 de dezembro de 2007

Obras nas vias expressas em Curitiba

Estas obras já poderiam fazer mudanças realmente inovadoras: as
avenidas do onibus expresso, como a Marechal e Rep. Argentina,
comportam ciclovias em ambos os sentidos. Bastaria retirar as vagas de
estacionamento para carros nas canaletas, eliminando as calçadas onde
não haja necessidade. Estas ciclovias teriam largura maior que as
existentes hoje na cidade, inadequadas para fluxo continuo de
bicibletas. As vagas de estacionamento podem com folga ser absorvidas
nas ruas transversais. Essa medida começaria também uma mudança para o
uso de bicicletas em regiões muito habitadas e que hoje não dispõem de
condições e, ainda eliminando o tráfego de bicicletas nas canaletas
que é proibido mas não respeitado pois é mais perigoso andar nas vias
de carros.
E o Ippuc já estudou a viabilidade de bondes elétricos nestas avenidas
e região central?
E mais inovador ainda seria tornar possível (ou vantajoso) que as
pessoas trabalhassem na região em que moram e não precisassem se
deslocar diariamente distâncias tão longas. Hoje os bairros mais
populosos também são os que mais tem estabelecimentos comerciais e
industriais.